Domingo, 17 de Novembro de 2019

Buscar   OK
Comportamento

Publicada em 04/02/19 às 10:59h - 330 visualizações
Uma breve exposição sobre o Carnaval

Por Fábio Libre


 (Foto: Rádio Eu Amo Jesus)

Uma breve exposição sobre o Carnaval 

 Quando falamos da maior festa popular brasileira, não podemos deixar de abordar seu contexto histórico, cultural e místico. Como historiador posso buscar nos documentos e fontes históricas os vários povos no passado, que tinham suas festividades envolvendo cultura, religião, promiscuidade e  paganismo. Sobre os Mesopotâmios e Babilônicos na antiguidade já foram escritos livros, relatando as festas populares,  envolvendo seus mitos, culturas e devassidão.

Essas festas seguem os homens em toda sua história. Podemos observar em  todos os extremos da terra que, a humanidade é marcada por esses atos, e expõem aquilo que está intrínseco em cada ser.     As festas culturais são manifestações do cotidiano social, entretanto, são manchadas com o dissabor daquilo que lhes é oferecido no dia a dia, tal qual: Violência, depravação, ódio,  barbárie, intolerância e etc.  Na Idade Média essas festas populares eram comuns entre os campesinos e pessoas mais pobres. A medida que o homem foi evoluindo socialmente, essas festas também iriam acompanhando o desenvolvimento cultural e místico das pessoas, abrangendo todas as classes sociais.

As associações entre o carnaval e as orgias podem ainda se relacionar às festas de origem greco-romana, como os bacanais (festas dionisíacas, para os gregos). Seriam festas dedicadas ao deus do vinho, Baco (ou Dionísio, para os gregos), marcadas pela embriaguez e pela entrega aos prazeres da carne.

A palavra carnaval é originária do latim, “carnis levale”, cujo significado é “retirar a carne”. O significado está relacionado ao jejum que deveria ser realizado durante a quaresma e também com o controle dos prazeres mundanos. Isso demonstra uma tentativa da Igreja Católica de enquadrar uma festa pagã. O que podemos aprender com esse pedaço da história é que, a própria igreja romana, deu aval ao povo para ir às ruas celebrarem suas festas, com o intuito de que mesmo assim a igreja fosse beneficiada.  A tentativa de usar as festas pagãs para trazer o povo para o ideário católico não seria bem sucedida séculos depois, pois essas mesmas festas sofreriam transformações, tornando-se encontros de resistência contra a própria igreja.

Quando tratamos do carnaval no sentido espiritual devemos ter cautela. Essas festas trazem deuses e ritos de várias esferas sociais. Os mitos, deuses e rituais usados nas festas, são usados  como intensificadores de um grupo ideológico. Podemos observar que muitos grupos que defendem a homossexualidade usam de seus mitos e deuses para fortalecer seu ideário. Grupos defensores do aborto usarão de subterfúgios religiosos para fomentar o ideário coletivo.

As festas carnavalescas, no atual momento têm suas propostas transmutadas e reduzidas em detrimento das entidades e divindades expostas nas músicas e danças. A ideia de espiritualizar o carnaval, como feito pela igreja na idade média, somente potencializa, em grande parte, a proposta mundana e promiscua ali representada.

O Capitulo 106 de Salmos retrata bem o que aconteceu no vale do Sinai, logo após a passagem do povo de Israel pelo Mar Vermelho.

Antes se misturaram com os gentios, e aprenderam as suas obras. E serviram aos seus ídolos, que vieram a ser-lhes um laço. Demais disto, sacrificaram seus filhos e suas filhas aos demônios, E derramaram sangue inocente, o sangue de seus filhos e de suas filhas que sacrificaram aos ídolos de Canaã; e a terra foi manchada com sangue. (Salmos 106:35-38)

 

Os homens, em momentos como este, ao misturarem vinho, sexo, prazeres momentâneos, crendo na legalidade de um deus qualquer, fortalecendo suas próprias concupiscências, acabaram se perdendo e deixando a herança de Deus que lhes seria a terra prometida.  O carnaval evoluiu nas danças, nos trajes, nas musicas e no ideário coletivo, e também na violência, alto consumo de drogas, gravidez indesejada, DST, sujeira nas ruas, gastos públicos, acidentes de trânsito... Mas o carnaval atual ainda tem o mesmo sentido da antiguidade. Uma festa que exalta o prazer, o momento e os sentimentos ocultos. Lamentavelmente após essas festividades os homens percebem que nada receberam, nada construíram e que ao chegarem em casa terão que pagar todas as contas daquilo que gastaram....

 

Fabio Libre

Professor de Historia

04.02.2019

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


Equipe da Rádio

19/03/2019 - 10:32:04

Obrigada por seu comentário Higina, é muito importante para nós


Higina Dàrc da Silva

15/03/2019 - 19:23:53

gostei bastante do texto, e acho válido ter essa informação.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:



Clique para ouvir no celular

               

TODA SEGUNDA UMA NOVA MENSAGEM

 Acesse o canal do youtube para visualizar novos vídeos a cada semana: Maria Quitéria Magalhães

Peça seu Louvor

  • Ruama Gonçalves Paulino
    Cidade: Niterói
    Música: Oi Jesus
  • Liliane
    Cidade: Cascavel
    Música: Jó
  • igor
    Cidade: Vila Velha
    Música: Vila Velha
  • Tatiane Sousa Alves
    Cidade: Cidade Ocidental
    Música: Só em ti confiarei
  • Eduarda do Rosario perschim
    Cidade: Paranagua
    Música: Ainda no vale
  • Marcio
    Cidade: Guapimirim
    Música: A casa e sua
Pastor Online

Pastora Helena Morini
 



A esperança dos justos é alegria, mas a expectação dos perversos perecerá.
 Provérbios 10:28
Filipe achou Natanael, e disse-lhe: Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José.
João 1:45
Ouvinte do Mês
  • Marina e Celso
    Cidade: Curitiba-PR / São bernardo do Campo-SP
  • Pastor Omar Tatari
    Cidade: Ferraz de Vasconcelos
  • Rita de Cássia e Erika
    Cidade: São Paulo, capital
  • Fabiana e Luciano
    Cidade: São Paulo/ SP
  • Joelma e Ravi com a visita da Pra. Helena
    Cidade: São Paulo
  • Helena / Genilsa / Márcia
    Cidade: Caieiras / SP
  • Helena - 04.2016
    Cidade: São Paulo
  • Roberta
    Cidade: São Paulo
Estatísticas
Visitas: 1148423 Usuários Online: 167


Web Rádio | Pastor Online | Devocional | Espaço Mulher Cristã | Chat | Notícias Gospel | Entretenimento | Louvores | Roberto Kazuo | Egleysa Montarroyos
Copyright (c) 2019 - Rádio Eu Amo Jesus - Todos os direitos reservados